Now Playing Tracks

Ela Cerveja, Ele Coca Cola.
Ela disco, ele tinta.
Ela toca, ele pinta.
Ela dança, ele tenta.
Ela sorri, ele não aguenta.
Ela escandalosa, ele calado.
Ela festeira, ele sossegado.
Ela quer ir, ele tá de boa.
Ela desiste, ele ‘me perdoa’.
Ela pontual, ele demora.
Ela tem pressa, ele sem hora.
Ela espera, ele vai embora.
Ela pergunta, ele enrola.
Ela desencana, ele peleja.
Ela explica, ele boceja.
Ela respira, ele fraqueja.
Ela entende, ele a beija.
Ela ponto, ele porém.
Ela forte, ele do bem.
Ela do momento, ele do além.
Ela ama, ele também.
Pedro Bial  (via sorriso-so-risos)

(Source: naquelatarde)

To Tumblr, Love Pixel Union